I Simpósio Internacional
Network Science
IV Seminário Big Data Brasil

7, 8 E 9 DE NOVEMBRO

Investigar a temática de big data conectando-a com a Network Science (Ciência das Redes) é o objetivo do I Simpósio Internacional Network Science e IV Seminário de Big Data Brasil

O Evento

Investigar a temática de big data conectando-a com a Network Science (Ciência das Redes) é o objetivo do I Simpósio Internacional Network Science e IV Seminário de Big Data Brasil, que vão acontecer nos dias 7, 8 e 9 de novembro no Rio de Janeiro. O evento contará com palestrantes nacionais e internacionais e é aberto às comunidades acadêmica e científica e à sociedade em geral.

A Network Science é um campo de estudo que usa uma nova abordagem para compreender e atuar em problemas complexos de qualquer domínio do conhecimento. Usando big data, cientistas identificaram algumas leis e princípios da complexidade que podem ser compreendidos por qualquer pessoa, transformando sua visão da realidade e oferecendo-lhes ferramentas poderosas para o gerenciamento de desafios organizacionais, profissionais e até pessoais.

Por ser um campo interdisciplinar, a Network Science estuda teorias e modelos nas mais diversas áreas do conhecimento, como matemática, estatística, mineração de dados e estrutura social. Redes tecnológicas, redes de computadores, redes biológicas, redes cognitivas e semânticas e redes sociais são alguns dos objetos de estudo.

CHAMADA DE TRABALHOS

Temáticas:
Os trabalhos devem estar relacionados a uma das cinco temáticas:
1. Dados abertos
2. Big Data
3. Ciência das redes
4. Gestão do conhecimento
5. Ativos intangíveis

2º Período: 21 de agosto a 21 de setembro de 2017

Dia 07 de novembro
(terça-feira)

8:30 – 9:20
Credenciamento para participantes e público

9:20 – 9:30 – Abertura do Evento
Marcos Cavalcanti – Crie (COPPE/UFRJ)

9:30 – 11:00 – Videoconferência de abertura
Network Science: From structure to control – Albert-László Barabási – Center of Complex Networks Research, Northeastern University and Division of Network Medicine, Harvard University.

11:00 – 11:30  – Coffee-break/networking

11:30 – 12:50
I Painel – As humanidades digitais no cenário brasileiro
– Humanidades digitais: desafios e expectativas – Ricardo Pimenta (Doutor em Memória Social, pesquisador associado do IBICT e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ)
– Diálogos entre cientistas de dados e cientistas sociais – Renato Rocha Souza (Professor e pesquisador da Escola de Matemática Aplicada da FGV e da Escola de Ciência da Informação da UFMG)
– ScriptLattes: Extração de conhecimento e visualização de dados da Plataforma Lattes –  Jesús P. Mena-Chalco (Professor doutor em Ciência da Computação da Universidade Federal do ABC (UFABC), atuando nas áreas de Ciência da Computação e Ciência da Informação)

12:50 – 14:20
Intervalo para almoço

14:20 – 15:40
II Painel – Usando os dados para analisar cenários
Informação e conhecimento em saúde no tempo das redes sociotécnicas – Regina Marteleto  (Pesquisadora Titular do IBICT e membro permanente do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação/IBICT/UFRJ)
Gestão do conhecimento como suporte à performance de atletas de alto rendimento – Mauricio Rodrigues (Pesquisador Crie/COPPE/UFRJ e Diretor da MNRTD.com)
O impacto da gestão pública: eficiência do gasto público – Gabriel Renault Magalhães (Engenheiro de Produção pela UFRJ com especialização em Data Science pela Johns Hopkins University e Consultor em Gestão d Conhecimento)

15:40 – 16:00  – Coffee Break/networking

16h00 – 17h30 – Apresentação de trabalhos

Dia 08 de novembro
(quarta-feira)

9:30 – 11:00
Open data ao serviço do cidadão na cidades inteligentes francesas – Françoise Méteyer-Zeldine (Conselheira Desenvolvimento Sustentável – Serviço Econômico Regional da Embaixada da França no Brasil, Pós-graduada em Economia na Universidade Panthéon-Sorbonne, em Paris)
Redes, Complexidade e Big Data –  Uma nova perspectiva para entender o processo de Desenvolvimento Econômico – Paulo Gala (Doutor em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-EESP) de São Paulo) – via vídeoconferência

11:00 – 11:30  – Coffee-break/networking

11:30 – 12:50
I Painel – Dados abertos
-Dados abertos e os desafios do desenvolvimento sustentável – Sarita Albagli – Pesquisadora do Ibict e Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação/Ibict-UFRJ
– Dados de pesquisa: compartilhamento e publicação – Michael Stanton – Diretor de P&D da Rede Nacional de Pesquisa-RNP
-Dados abertos e saúde: o portal InfoDengue – Flávio Codeço Coelho – Professor da Emap/FGV)

12:50 – 14:20  – Intervalo para almoço

14:20 – 15:40
II Painel – Network e Dados Abertos
– Dados abertos e desenvolvimento econômico e social – Luciana Sodré (Pesquisadora do Crie, Coordenadora do ODI-Rio, nó da rede mundial do Open Data Institute no Rio de Janeiro)
(Em construção)

15:40 – 16:00  – Coffee Break/networking

16h00 – 17h30 – Apresentação de trabalhos

17:30 – 18:30
Relato da experiência de tradução simultânea do livro “Ciência das Redes”, de Barabasi, para o português, e lançamento do e-book. Luciana Sodré  (Pesquisadora do Crie/Coope)

19:00 MeetUp Social

Dia 09 de novembro
(quinta-feira) Em construção.

9:30 – 11:00
I Painel – BIG DATA Estratégico

11:00 – 11:30  – Coffee-break/networking

11:30 – 12:50
II Painel – BIG DATA Estratégico

12:50 – 14:20  – Intervalo para almoço

14:20 – 15:40
III Painel – BIG DATA Estratégico

15:40 – 16:00  – Coffee Break/networking

17:00 – Palestra de Encerramento
– Globalização e Império do Conhecimento – Prof. Roberto Panzarani – docente di “Innovation Management” ed è Presidente dello Studio Panzarani & Associates – Roma

Inscrições abertas,
agenda em construção.

HISTÓRICO

O I Seminário de Big Data aconteceu em 2014 com o objetivo de discutir Big Data de modo estratégico. 

O evento abordou o seguintes temas: qual o contexto que torna Big Data um fenômeno irreversível, progressivo e vital; porque dados digitais em Big Data tem alto potencial de inovação; quais as principais tendência sociais, organizacionais e de gestão desse novo ambiente; quais são os novos modelos de negócio e alguns cases já em curso no Brasil; como diferentes arquiteturas e ferramentas tecnológicas servem à inovação digital; as linhas de pesquisa do Crie* em Big Data Estratégico.

Promovido pelo Centro de Referência em Inteligência Empresarial (Crie), com coordenação do Prof. Dr. Marcos Cavalcanti, o evento contou com o apoio do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O evento aconteceu nos dias 18 e 19 de agosto. de 2014 no auditório do Parque Tecnológico e contou com a curadoria e organização do evento de Luciana Sodré. Palestrantes do evento:
• Carlos Nepomuceno,
• Christian de Castro (Zooks Consultoria),
• Márcio Weikersheimer (IBM),
• Karin Breitman (Centro de P&D da EMC),
• Fernando Nery (módulo Security),
• Sérgio Mafra (ONS), Cezar Taurion,
• Allessandro Molon (Marco Civil da Internet),
• Carlos Osório (Prefeitura do Rio de Janeiro),
• Pablo Cerdeira (Centro de Operações do Rio)

No ano seguinte, a segunda edição do evento foi realizada nos dias 17 e 18 de agosto no Parque Tecnológico da UFRJ foi organizado pelo Crie. O seminário apresentou diversos exemplos de aplicações de Big Data em projetos em andamento e levantou debates importantes para a sociedade. Estiveram presentes:
• Luciana Sodré (curadoria e organização do evento e representante do Open Data Institute no Rio),
• Marcos Cavalcanti (coordenador do Crie),
• Carlos Nepomuceno,
• Fernando Nery (módulo Security),
• Eduardo Moreira da Costa (PI Academy),
• Luiz Milfont (Iplan Rio),
• Suzana Kahn Ribeiro (Pesquisadora da Coppe/UFRJ),
• Daniel Chada (Cientista de Dados especialista em Decision Science),
• Maurício Rodrigues (Pesquisador do Crie/Coppe/UFRJ),
• Sidney Cavalcante (Unidade de Performance Esportiva COB),
• Fábio Porto (Data Extreme Lab – LNCC)

Em 2016, a terceira edição do seminário “Tudo digitalmente conectado: um mundo de dados e soluções” foi realizado em 12 e 13 de setembro no auditório do Ministério Público do Rio de Janeiro, com o apoio do ODI Rio (Nó da rede mundial do Open Data Institute) e do Ministério Público do Rio de Janeiro. O evento contou com os seguintes palestrantes:
• Luciana Sodré – Curadora e coordenadora do evento e coordenadora do ODI Rio (Open Data Institute)
• Marcos Cavalcanti – Coordenador Crie (Coppe/UFRJ)
• Cezar Taurion – CEO da Litteris Consulting
• Marconi Pereira (consultor e professor do Crie)
• Marcio Argollo de Menezes – Pesquisador em Ciência das Redes UFF
• Zeca de Mello (pesquisador, consultor e professor do Crie),
• Eduardo Gussem – Subprocurador Geral do Estado do RJ,
• Fernando Nery – Sócio fundador da Módulo S.A.,
• Thaís Lima – Gerente de Comunicação do ITDP Brasil
• Eduardo Trevisan – CEO da Facemedia online Marketing
• Luciana Nery – Gerente de Resiliência da Cidade do Rio de Janeiro
• André Bello – Designer, Luiz Velho – Pesquisador Titular do IMPA / Coord. do VISGRAF Lab
• Sérgio Mardirossian – Gerente de Pesquisa da Proteste
• Natália Mazotte – Escola de Dados
• Carlos Nepomuceno – Consultor em Digital Business Transformation
• Larriza Thurler – pesquisadora IBICT/UFRJ e ODI Rio
• Sergio Besserman
• Emerson Garcia – Consultor Jurídico do Min. Público do RJ (MPRJ)
• Daniel Chada – Cientista Chefe Proj. Supremo em Números (FGV Rio)
• Bruna Santos – Membro do Board da OKF Brasil,
Maurício Rodrigues – Crie/Coppe/UFRJ

Quero receber e-mail sobre futuros eventos dos organizadores (required)
SimNão

ORGANIZAÇÃO

APOIO

DÚVIDAS E OUTRAS INFORMAÇÕES
sins@crie.coppe.ufrj.br